25 de abril de 2011

Um Afegao pelo Mundo


Namaskar

Um Afegão Pelo Mundo


Eu tive o grande prazer em conhecer pessoalmente aqui na Índia, um rapaz inteligente e muito bem educado, de um dos países que mais sofre atualmente com o terrorismo, seu nome é Qahid Hamid, e solicitei-lhe que descrevesse com suas próprias palavras o que é ser deste país. Segue seu depoimento...

Como é ser um Afegão


Por: Qahir Hamid

Conversas param, comportamentos mudam a partir do momento que você diz o nome do seu país... sim, o AFEGANISTÃO.


A próxima pergunta que você pode facilmente esperar é sobre o terrorismo. O falso estigma que é agora como um dos muitos sinônimos, juntamente com o nome do meu país.


Uma vez um dos principais pontos da Rota da Seda, berço de grandes estudiosos do mundo como Maulana Jalaluddin, Abu Ali Ibn Sina e Sayed Jamaluddin, O Afeganistão agora é uma terra de misérias sem fim para seus habitantes.


Eu mal havia começado a dar meus primeiros passos quando a guerra começou. Regimes estavam mudando mais rápido do que as estações do ano. Naturalmente eu não percebia nada na época... a invasão soviética, a resistência mujahedin, as lutas internas dos mujahedin, o Taliban, em seguida, veio a Aliança do Norte com as forças da coalizão, incluindo 26 países etc ....


Um país com mais de 4 milhões de emigrantes, 1 milhão de mortes, centenas de milhares de pessoas mutiladas, ruas lotadas de órfãos e viúvas. As misérias são inúmeras; às vezes penso comigo mesmo, que preço estamos pagando, somos nós Sodoma e Gomorra de hoje?


Apesar de todos os obstáculos impostos, da guerra, há uma luz de esperança em todos os olhos com lágrimas. Toda noite tem um amanhecer, já fomos uma vez uma nação pacífica, com orgulho perante as outras nações; se é verdade que a história se repete, tenho esperança que isso ocorra novamente.


É surpreendente, mas os afegãos não conheciam Osama ben Laden, ou a Al-Qaeda antes de 11/09.


O ataque terrorista de 11/09 às torres gêmeas do WTC em Nova York, trouxe novamente a tona, o há muito tempo esquecido nome do Afeganistão à mídia; que se baseia principalmente em propagandas políticas e estereótipos ocidentais.


Dez anos se passaram desde que tivemos um governo eleito, e é triste dizer que a pouca esperança que as pessoas tinham está diminuindo. No entanto, prefiro olhar para a frente, para um futuro brilhante; estou cansado de viver como um Narco e cidadão de um pais em guerra!


Qahid Hamid faz parte dos 4 milhões de afegãos que emigraram em busca de uma vida melhor, sem guerras e seus horrores. Inicialmente ele veio para a Índia mas atualmente está em um país do norte da Europa. Ele cresceu vendo diariamente as perversidades da guerra e do terrorismo, mesmo assim Qahid tem uma alma gentil e pacifica e foi uma grande lição de vida para mim te-lo conhecido. Hoje em dia penso antes de reclamar pois sei que apesar de existirem coisas boas e ruins em todos os cantos do mundo, infelizmente existem alguns lugares onde as pessoas sofrem muito mais.




.

24 de abril de 2011

Falece Sathya Sai Baba


Namaskar

Faleceu hoje (domingo de Pascoa), pela manha, o famoso Guru Sathya Sai Baba e as discussoes sobre quem sera seu sucessor ja se iniciaram.

Descanse em paz!




Om Shanti e Ahimsa


.

21 de abril de 2011

Sathya Sai Baba em Condicao Critica


Namaskar

Esta eh uma pessima noticia para os seguidores de Sathya Sai Baba.

Ele esta internado no hospital desde o dia 28 de marco e hoje o medico responsavel disse que sua condicao de saude eh critica.

O figado de Sathya Sai Baba nao esta funcionando, sua pressao arterial continua baixa, ele respira somente com a ajuda do ventilador e sua funcao renal esta bem diminuida, portanto iniciara hemodialise.

Sathya Sai Baba tem 86 anos de idade e a policia de Puttaparthi ja solicitou reforcos para manter a lei e a ordem na cidade.

Om Shanti e Ahimsa

.

17 de abril de 2011

O Poder da Oracao


Namaskar


Se algum dia em vinha vida duvidei do sagrado poder da oração, hoje com certeza não duvido mais.


Sempre soube em meu coração que Deus nos ouve e portanto ouve nossas orações. Deus jamais poderia ter-nos criado e depois nos abandonados sozinhos como órfãos.


Deus é amor, é amparo, é carinho, é misericórdia, é benevolência. Se não sabemos interpretar os desígnios divinos não é culpa Dele, mas sim da nossa ignorância.

Hoje retomo com alegria no coração e uma imensa gratidão à Deus e a todas as pessoas que oraram pela saúde da minha mãe.


Infelizmente minha mãe foi atropelada por um motoboy em alta velocidade e este horrível acidente quase a levou desta vida. Foram dias difíceis... 33 só na UTI entre a vida e a morte... com muitos dias mais próximos da morte... no final de 65 dias de hospitalização, é com alegria que informo a você que minha mãe está bem e fora de perigo!


Claro que o trabalho intensivo de toda a equipe da UTI e do hospital de modo geral foi imprescindível, no entanto, para mim, foi o poder da oração (e portanto de Deus), que salvou minha mãe.


Aqui na Índia, hindus, muçulmanos, budistas e sikhs rezaram por minha mãe. No Brasil, evangélicos, católicos, espiritas, kardecistas e umbandistas também rezaram por ela.


Fiquei impressionada com a quantidade de pessoas de varias religiões que sinceramente oraram pedindo à Deus pela recuperação de mamãe, e não tenho duvidas de que foi o poder de todas estas orações e de Deus, que fizeram com que minha mãe sobrevivesse.


Hoje para mim é um dia de Ação de Graças; e humildemente agradeço à Deus, a todos que rezaram, e ao infinito poder da oração, por terem salvo a vida da minha mãe!!!





.